Caro leitor, O LIVRO UNIVERSO EM VOCÊ NÃO ESTÁ MAIS À VENDA. Este livro eu produzi em 2001 e todos os artigos que estão neste blog foram feitos antes da minha conversão pelo Senhor Jesus. Eu volto para falar mais detalhadamente com vocês.

sábado, 12 de junho de 2010

O Ciclo do Namoro Interior

 
“Nada pode ser criado sem paixão.”
A realidade que o criador quer transformar
passa antes de tudo por ele mesmo.

Alma gêmea significa o reflexo da sua essência neste momento. Toda vez que temos um relacionamento com alguém, seja de amizade, parentesco ou amoroso, esta relação está refletindo aquilo que somos. Se um relacionamento fracassa através daquilo que julgamos como fracasso é porque a parceria estava exercendo o reflexo de nossa condição naquele momento. O parceiro funciona como um espelho de nossos ideais e dos arquétipos criativos que vamos construindo ao longo do percurso. Mesmo que ainda não estejamos vivendo uma parceria real com alguém, este parceiro está vivo em nosso interior. Um novo romance começa a nascer através de uma percepção aguçada de nossas mais íntimas necessidades. O universo só conhece um caminho para nos retribuir com a manifestação e este caminho é através das nossas sensações, sentimentos, pensamentos, medos, crenças, desejos e desprendimento. Nenhuma vontade fica sem resposta; todos os desejos e considerações serão, cedo ou tarde, experimentados na realidade.

Quando começamos a desvendar o que merecemos da vida, é estabelecido o processo de realinhamento de nossas crenças e esse percurso é natural e gradativo. Novas descobertas e sentimentos vão desenhando melhor as necessidades e definindo que tipo de relacionamento nos será mais satisfatório. As escolhas criam uma espécie de ciclo apaixonado porque nosso sistema biológico, cerebral e espiritual se convence que isso é o melhor e passa a gerar as sensações químicas apropriadas como se essa relação já estivesse existindo. Em âmbito mais profundo, esta relação estará interagindo com todas as partes de si mesmo. Embora o outro ainda não seja de fato real, um caminho traçado e personalizado começa a ser firmado de acordo com o nível crescente de encantamento que descobrimos em nós mesmos. Todo o relacionamento que se manifesta em sua vida, está ali porque um relacionamento bem mais amplo foi travado consigo mesmo. Os espaços vazios em seu interior precisam ser preenchidos de significados para que algo novo possa ser gerado. E ao ser completado, como as peças de um jogo que se encaixam perfeitamente, o seu entusiasmo apaixonado vai dando lugar a uma postura segura e desprendida quanto ao resultado. Intimamente, você sabe que seus sentimentos são criadores e que o rumo da vida irá lhe colocar diante de tudo que outrora você concebeu.

Quando você reconhece que é um ser perfeito e digno do mais alto grau de amor, você reconhece toda a verdade sobre o mistério da vida e compreende o poder divino em seu interior. A paixão pelo outro é o reflexo da imagem que você tem sobre si mesmo, porque aquilo que você é reflete proporcionalmente as suas atuais necessidades. E através desses sentimentos cognitivos, suas escolhas sobre o outro começam a ser refinadas e finalizadas.

Mesmo quando admiramos um romance, um poema, um filme ou a postura de alguém, estamos autorealizando através do encantamento, pois a mensagem que está sendo enviada ao nosso sistema cerebral/ sensorial é: “Eu quero assim, desejo viver isto, isso é bom demais...”. Deixe-se levar por este encantamento e relaxe quanto qualquer tipo de procura por um companheiro, apenas deixe acontecer... O parceiro ideal está dentro de você e é de lá que se manifestará através da alquimia perfeita do seu coração. A realidade exterior é apenas um aspecto dimensional que a todo o momento pode ser modificada. Suas sensações estarão lhe mostrando um caminho se formando conforme você vai administrando seus sentimentos. Quando você sentir que um cenário ideal está sendo saboreado em seu interior é porque você está travando um verdadeiro caso amoroso com a realidade. Cedo ou tarde, a realidade terá que responder aos seus sentimentos lhe enviando o evento, a pessoa, ou uma situação ideal que corresponde exatamente com o que você vem sentindo.

Todos os seus desejos estão vivos em função de experimentar as diversas formas de amor. A vida, o universo e o amor da sua Divindade por você é tão transcendente que está sempre buscando o mais alto grau de perfeição em termos de sentimentos para lhe enviar uma obra que lhe fará plenamente feliz. A Divindade “ouve e responde” quando o ser humano está em alta conexão amorosa. Por meio de um diálogo íntimo e criador, todas as conexões são ativadas preenchendo os vazios em suas percepções. Contudo, o objeto da sua criação está sempre em busca da matéria prima, da sua quinta-essência para gerar algo novo e melhor.

Seu coração apaixonado é a expressão do núcleo poderoso da perfeita criação. Por isso todos os relacionamentos da sua vida, nada têm a ver com algo que vem de fora de si mesmo. A responsabilidade por sua vida e os caminhos que ela toma é inerente aos seus ditames internos. Aquilo que você conclui que merece receber do outro desenhará um relacionamento, porque faz parte de todas as sensações que você vem dando a si mesmo.

O amor é uma energia rica e fluídica e quando algo em seu interior aciona um radar de que você está pronto para o amor, a pessoa específica, por encanto, aparece. O encontro simplesmente acontece como um milagre suave que não requer ordem nem iniciativa da sua parte. O amor segue aquele que está despreocupadamente encantado. O amor transforma a sua química espiritual e quando menos se espera, a mais perfeita obra da sua criação, bem como você imaginou e planejou, estará disponível em sua vida. Isso acontece sem que você esteja planejando no momento. A vida apenas copia o que está florescendo em seu interior. Apaixone-se e entregue o seu encantamento para o universo. Um milagre existe para ser vivenciado.

UNIVERSO EM VOCÊ

by Vivian Weyrich

5 Comentários:

Sueli disse...

Lindo post!
O grande negócio é a PAIXÃO !
Ser apaixonado, como li no teu livro,e aqui, fez uma grande mudança em minha vida.
Show! Amei!

Jeana Andréa disse...

Uauuuuuuu, Vivian... Que texto provocativo!
Seus posts, estão cada dia mais introspectivos, fico um, dois, três dias sorvendo suas palavras.
E esse... nossa querida, show...

Paixão é a mola propulsora da chama da Vida em todos os aspectos. Mas, como dizia Goette: Não adianta querer, é preciso agir. E agir faz-se necessário, frente a essa delícia da vida chamada PAIXÃO! Preciso apaixonar-se por MIM, o resto é consequência significativa do que o resultado disso pode proporcionar-me. É o que vc propõe ao "formar um caso amoroso com a realidade".

No mais Vivian, sou toda reverência a ti... Aprendo e aprecio muito quando venho aqui. Quiçá, eu chegue a essa tua visão de mundo por completo (ainda não o enxergo tão a fundo assim, mas estou apredendo contigo). Apenas ressalto que sou apaixonadíssima pela fantástica máquina HUMANA, pelo UNIVERSO e por tudo o que o COMPÕE! Não me entendo (hahahahahahahaha), mas sou APAIXONADA por mim mesma. Gosto de minha essência e isso facilmente acaba refletindo nos outros que me cercam.

Fico triste ao refletir as palavras de Augusto Cury, quando ele diz que 'gastam-se anualmente centenas de bilhões de dólares para equipar e treinar soldados para as guerras que extraem sangue, mas não se gastam migalhas de dólares para equipar e treinar jovens e adultos na guerra que extrai o prazer, o altruísmo, a criatividade e a sabedoria!' (do livro, O vendedor de Sonhos e a Revolução dos Anônimos).

Sempre repito que, quando as pessoas souberem apaixonar-se por si mesmas, o resto virá como consequência natural do ciclo vital.
Amei o vídeo (o 2º vídeo que mais curto seu)

Vivaaaaaaa a Vidaaaaaaaaaa, viva a Paixãooooooo (independente do tipo de Paixão que seja)

Bjoooooooooooo, simbora se apaixonarrrrrrrrr! huhuhuhuhuhuhuhu

"A vida é um grande espetáculo. Só não consegue homenageá-la quem nunca penetrou dentro de seu próprio ser e perceber como é fantástica a construção da sua inteligência."
(Augusto Cury)

Rui Palmela disse...

Falo por experiência própria e já tenho dito que as pessoas precisavam se apaixonar umas pelas outras para que se sentissem mais vivas e experimentassem maiores alegrias em suas vidas, independetemente de sexo, idade, crenças, convicções pessoais, etc.

Mas não estou a falar daquelas paixões passageiras que aparecessem e passam como vento numas férias de verão, criando espectactivas enganadoras que tantas vezes magoam e fazem sofrer quem se deixa iludir pela aparência de um relacionamento humano verdadeiro mas que não passa de quimeras de desejos que logo que satisfeitos se desfazem como fumaça e não se perpétua num "estado de graça" que devia manter-se sempre em nosso coração.

Fiquei a reflectir nas palavras de Jeana Andréa que diz "Preciso apaixonar-se por MIM, o resto é consequência significativa do que o resultado disso pode proporcionar-me"... e aos outros penso eu!

Creio de resto que todos nos gostamos de nós mesmos sem querer nos magoar e muito menos magoar alguém que em nós confia e se doa por completo de corpo, alma, mente e coração, sentindo por nós sua própria paixão.

Não estou falando de sexo mas sim de Amor incondicional que provindo de sentimentos profundos da alma humana, esta se enxerga na outra e se amplia para além de si mesma formando juntas uma luz de tal fulgor que o próprio universo "conspira a seu favor".

No fundo é aquilo que a autora do texto começa por dizer no seu início: "Alma gêmea significa o reflexo da sua essência neste momento. Toda vez que temos um relacionamento com alguém, seja de amizade, parentesco ou amoroso, esta relação está refletindo aquilo que somos"...

Por isso, devemos ser apaixonados sim, em todo o tempo de nossas vidas, doando a nós mesmos e aos outros a quem amamos aquilo que de melhor temos em nossos corações, reflectindo tudo o que somos interiormente, não só como seres humanos mas como seres divinos que preparam seus destinos, reencontrados aqui nos caminhos uns dos outros, encontrando-se sempre a “alma-gémea” com quem se partilha e vivencia amor e este terá maior ardor se for inflamado pelo ‘fogo’ duma paixão.

Minha saudação amiga para todos.

Rui Palmela

Anônimo disse...

OPTANDO PELO PERENE BEM-ESTAR VOCÊ ESTÁ ESCOLHENDO MANTER O CARINHO INFINITO COM VOCÊ MESMO.

yara sper disse...

Maravilhoso este post, muito elucidativo e de extrema inteligência no que diz respeito ao SER, de cada um de nós. AMEI..ADOREI..E VOU APLICAR EM MINHA VIDA. Grata.

Postar um comentário



Seja muito bem vindo ao Universo em Você!
Fique à vontade para comentar os artigos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  ©Direitos reservados Universo em Você | Por Vivian Weyrich | Design by Lucy ♥ | Modelo DB3.0 | Powered by Blogger

TOPO